a- | a | A+

Segundo a lei nº 3857, todos aqueles que exercem a música como atividade profissional devem ser filiados à Ordem dos Músicos do Brasil, submeter-se ás provas de qualificação afim de obter o registro profissional.

 

O registro profissional da Ordem dos Músicos é um importante instrumento de trabalho do músico. É sua identificação profissional, tendo fé pública em todo território nacional. A OMB expede 3 tipos de carteiras: músico profissional teórico, profissional prático e músico estrangeiro.

Músico profissional Téorico

É categoria daqueles que tem conhecimento formal na música, ou seja, tem conhecimento teórico e prática de execução com leitura de partitura.

O registro de músico profissional teórico o habilita para exercer a profissão em qualquer dos seus gêneros, estando inclusive, apto a lecionar matéria de sua especialidade. 

Para obter a carteira de músico profissional, o candidato deverá fazer uma prova escrita de conhecimentos de teoria musical e executar uma peça através de partitura, escolhida pela banca examinadora. 

 

1ª Etapa: Exame teórico (prova escrita)

Claves de sol, dó e fá; Tons e semitons (cromático e diatônicos) ; Parâmetros do som (altura, duração, intensidade e timbre); Figuras de ritmo; Ligaduras de união e expressão; Ponto de aumento e diminuição; Compassos simples, compostos e alternados; Tempos fortes e fracos; Síncope, contratempo e anacruse; Intervalos; Escalas maiores e seus; respectivos graus; Escalas menores (natural, melódica e harmônica) e seus respectivos graus; Quiálteras de aumento e diminuição; Tonalidades; Armaduras de clave; Formação de acordes (tríades e tétrades); Cifragem popular; Campo harmônico maior; Campo harmônico menor (natural, melódico e harmônico); Encadeamento de acordes

 

2ª Etapa: Execução de partitura, aplicada pela banca examinadora, apropriada ao instrumento do candidato.

 

O músico diplomado no curso superior de música ou aluno cursando o 6º período de graduação, por escolas reconhecidas pelo Ministério da educação, ficará dispensado dos exames, devendo portanto apresentar cópia autenticada do diploma ou declaração da instituição de ensino. 

 

Músico Profissional Prático

Nesta categoria, não é exigido o conhecimento teórico em música.

No exame serão feitas a audição de três musicas, observando os seguintes critérios avaliativos: execução (ritmo e interpretação) e afinação.

 

Em Belo Horizonte, sede do Conselho Regional de Minas Gerais, as provas são realizadas de 2ª a 6ª feira de 14:30 às 17:00 horas. 

 

Faça aqui a sua pré-inscrição: 

http://www.ombmg.org.br/modules/inscricao/index.php?action=cadastrar

Voltar